Moonshadow será relançada no Brasil

O magnus opus do quadrinista J.M. DeMatteis, Moonshadow, será republicado no Brasil após 28 anos pela editora Pipoca e Nanquim. A última publicação da História em Quadrinhos no país havia ocorrido em 1992 pela Editora Globo. Moonshadow foi publicada originalmente como em doze edições entre 1985-1987, teve seu roteiro escrito por J.M. De Matteis, com ilustração de Jon J. Muth – com o auxílio de Kent Williams e George Pratt -, sendo baseada na música “Moonshadow” de Cat Stevens.

Moonshadow conta a história do personagem titular, Moonshadow, filho da hippie Sheila Fay Bernbaun, também chamada “Sunflower”, sendo fruto da relação dela com um ser alienígena enquanto em cárcere em um zoológico espacial. Esse zoológico reúne diversas espécies abduzidas por uma raça alienígena – os G’L-Doses -, que tomam formas de esferas com sorrisos. Eventualmente, Moonshadow – que teve uma vida isolada, por isso é muito inocente – parte em uma viagem com seu pai adotivo, Ira, em uma jornada de autodescobrimento.

Moonshadow é uma obra que aborda as questões sobre Política, religião, filosofia, sexo, amor, guerra, morte e vida, principalmente se levadas em contexto com a década de 80, anos de escrita e publicação da HQ. A arte é surreal e cativante, sendo tão fantástica quanto a jornada do “despertar” de Moonshadow para a vida e o universo.

A versão que será lançada pela Pipoca e Nanquim é um compilado das doze edições originais, mais o conto ilustrado “Adeus, Moonshadow” – que se passa anos após o fim da história -, um prefácio exclusivo de J.M. Dematteis, páginas originais do roteiro e as ideias preliminares que deram origem a uma das maiores e mais lembradas histórias de ficção e fantasia dos quadrinhos, possuindo o total de 540 páginas.

O preço sugerido para a edição é de R$139.90, porém está em preço especial na pré-venda. O produto será lançado no dia 27 de dezembro desse ano.

Fonte: IGN Brasil

Laura Giordani

Laura Giordani é uma historiadora e estudiosa de imagens e mídias viciada em jogos, filmes, HQs, livros, podcasts, RPG, animes e séries. Quando não está tentando desvendar os mistérios da História e sua relação com as novas mídias, ou tentando navegar pelo seu quarto debaixo de pilhas gigantes de livros, pode ser encontrada em um canto meio iluminado jogando algum título da série Final Fantasy, Diablo ou Pokemon. Sua preferência literária é vasta, porém há preferência pelos temas de fantasia, ficção científica, cyberpunk e terror. Suas mais notáveis habilidades são: ingerir dezenas de litros de cafeína sem ter um ataque cardíaco e tagarelar por horas sobre nerdices sem parar.