Veja tudo que aconteceu na BGS Day

O maior evento de games da América Latina, a Brasil Game Show – mais conhecida como BGS –, teve que ser cancelada esse ano por conta da pandemia do Covid-19. Porém, isso não significou que os fãs de games do Brasil ficariam sem um gostinho do evento em 2020.

Ontem, dia 31/07, foi realizada a BGS Day, uma mega live que serviu para dar um gostinho do evento nesses tempos de isolamento social. O evento contou com a participação de convidados como BRKsEdu, Charles Martinet, Shota Nakama, Maisa, Irmãos Piologo, Haru, e muitos mais.

Além de personalidades da cultura pop e games, a BGS Day também deu espaço para os desenvolvedores de jogos indie. Nele, os desenvolvedores conversaram sobre os desafios do mercado brasileiro de jogos e sobre o desenvolvimento de games.

Caso você não tenha conseguido acompanhar a transmissão ao vivo ontem, ainda é possível assistir a ela no canal do YouTube da BGS:

A BGS Day também foi um dia para manter a tradição da doação de alimentos, que aconteceu em todas as edições anteriores da BGS. Nesse ano, as doações dos participantes do evento irão ajudar a Casa de David e as Casas André Luiz. Apesar da live ter se encerrado, ainda é possível realizar doações via o QR Quode presente na tela do vídeo ou através do link do site da Ingresse até o dia 5 de agosto. Através desses meios, é possível escolher entre os valores de R$5, R$10, R$25 e R$50, que correspondem a 1kg, 2kg, 5kg e 10kg de alimentos, nessa ordem.

A BGS pode não ser o local onde os gamers do Brasil se reúnem para socializarem nesse ano, mas isso não impediu que curtíssimos um pouco do que o evento tem a oferecer graças à BGS Day.

Fonte: Site Oficial da BGS

Laura Giordani

Laura Giordani é uma historiadora e estudiosa de imagens e mídias viciada em jogos, filmes, HQs, livros, podcasts, RPG, animes e séries. Quando não está tentando desvendar os mistérios da História e sua relação com as novas mídias, ou tentando navegar pelo seu quarto debaixo de pilhas gigantes de livros, pode ser encontrada em um canto meio iluminado jogando algum título da série Final Fantasy, Diablo ou Pokemon. Sua preferência literária é vasta, porém há preferência pelos temas de fantasia, ficção científica, cyberpunk e terror. Suas mais notáveis habilidades são: ingerir dezenas de litros de cafeína sem ter um ataque cardíaco e tagarelar por horas sobre nerdices sem parar.

Deixe uma resposta